post-vaqueira-1

A indústria da Vaquejada produz não só crueldades, mas falácias!   O que se vê nos perfis de ativistas da causa animal que defendem o fim da crueldade, são contrapontos agressivos, que carreiam ódio e disseminam a discórdia. Foi o que se viu nos comentários da vaqueira que se autodenomina Cristina Negromonte no perfil da @luisamell esta noite, no Instagram.

Eis as acusações:

“O QUE ESTA POR TRAS DA LUTA DOS ATIVISTAS CONTRA ESPORTES EQUESTRES: As ONGs(organizações não governamentais) funcionam no Brasil as custas de dinheiro do governo(60% delas recebem verbas do governo, segundo pesquisa da Fundação Getulio Vargas). E funciona assim: Ao invés do governo contratar serviços de uma empresa através de licitações e concorrencias publicas, faz parceria com uma ou mais ONGs para realizarem este serviço e repassam verba do governo para isso. Tudo dentro da lei e sem concorrencia publica. É obvio que isso abre uma porta enorme para corrupção, e para que “amigos” do governo e de politicos abram ONGs para se beneficiarem destas verbas.
Agora, pensem comigo: Se as ONGs conseguirem proibir todos os eventos equestres no Brasil, que são dezenas de milhares por ano, quem vai fiscalizar tudo isso? O governo não tem estrura para isso, e aí vai fazer parceria com as ONGs e repassar uma fortuna para que eles fiscalizem, e claro que uma boa fatia disso volta para o bolso dos politicos e dos donos das ONGs.
A Sra, Luiza Mell tem 2 ONGs. O governo Lula repassou mais de 13 bilhões de reais as ONGs em menos de 5 anos.
Perceberam a jogada? Não há nada de idealismo nisso. É por isso que eles querem proibir e não regulamentar. Pois na regulamentação, a fiscalização ficaria por conta das entidades que regem os esportes equestres, associaçoes de raças, associações de modalidades, e isso não daria margem as ONGs receberem as boladas do governo e nem aos politicos de receberem a sua fatia deste bolo.
Tudo isso feito com dinheiro publico, o nosso dinheiro, fruto dos impostos que pagamos co o nosso trabalho.
Acordem meus amigos, estamos sendo vitimas de mais uma tentativa de roubalheira disfarçada. E muitos jovens ativistas nem sabem a verdadeira causa que estão servindo, são usados e MANIPULADOS para serem a linha de frente de algo muito maior e de interesses totalmente excusos.
Lava a Jato neles!!! Não vamos permitir isso!!”

negromonte-2negromonte-3negromonte-4

A Associação Viva Bicho, uma Organização Não Governamental CEARENSE, repudia veementemente as acusações da Vaqueira Cristina Negromonte. O Rio Grande do Norte é celeiro de pessoas do bem e grandes amigos dos cearenses! Poderiamos não ter passado por isto.

 

 

Facebook